quarta-feira, 7 de março de 2012

Além de Mim


Minha alma busca uma canção
Para libertar essa corrente de sentimentos.
Mas minha consciencia pergunta:
Como posso fazer isso,
Se a minha inspiração agora dorme gélida e sem alma?

Ele ainda reside no meu coração,
Mas não ao alcance da minha visão.
Ainda sinto seu toque,
Em momentos de desespero,
Mas minhas mãos não alcançam sua pele.
Sua voz ainda ecoa na minha mente,
Mas na verdade não a ouço.

Talvez eu seja a alma agonizante,
A tristeza caminhante.
Estou quase a ponto de não me importar
Com a loucura que eu posso carregar.

Então grite,
Me chame,
Me faça saber que você está aqui.
Me guie,
Me espere
Onde a realidade não possa me iludir.

2 comentários:

  1. Muito bom Srta!
    Parabéns!

    Tenha uma boa noite e Bom Fim de Semana!

    ResponderExcluir
  2. Inspirador e profundo, gostei muito,bjins.

    ResponderExcluir